Saltar para o conteúdo principal da página
Património Mundial

Paisagem da Cultura da Vinha da Ilha do Pico

Descrição

A paisagem da cultura da vinha da ilha do Pico, ocupa uma área total de 154,4 ha, envolvida por uma zona tampão de 2445,3 ha e é composta por dois sítios - o lajido da Criação Velha e o lajido de Santa Luzia. Estes sítios foram eleitos por constituírem excelentes representações da arquitectura tradicional, do desenho da paisagem e dos elementos naturais, partes integrantes da “Paisagem Protegida de Interesse Regional da Cultura da Vinha da Ilha do Pico” (PPIRCVIP). Os lajidos da Criação Velha e de Santa Luzia, estão implantados em extensos campos de lava caracterizados por uma extrema riqueza e beleza geológica e paisagística.
A diversidade da fauna e da flora aí presente está associada a uma abundância de espécies e comunidades endémicas, raras e com estatuto de protecção.
As vinhas que produzem o vinho do Pico, eram e são plantadas nas fendas existentes em finas bancadas de basalto, o que confere à paisagem daí resultante um carácter único. Como já foi referido anteriormente, com árduo labor e muito esforço o Homem introduziu bacelos numa vastidão de rocha negra e dura, até então considerada totalmente improdutiva. Devido à ocorrência de ventos fortes provenientes de todos os quadrantes e ao rossio do mar, foram elevados muros de abrigo com a pedra basáltica retirada do próprio local, que deram origem a uma estrutura reticulada, planeada para tirar o máximo proveito do terreno e para facilitar o transporte e armazenamento das colheitas, bem como o escoamento do produto final. Bem junto à linha da costa, um longo e acidentado caminho foi sendo definido no basalto pela passagem do rodado dos carros de bois. Outro, com alinhamento aproximadamente equidistante do primeiro, a atravessar mais elevadas cotas do interior, delimitava superiormente a área de produção, para cima do qual se via obrigada a morar a maior parte dos trabalhadores.

Outras ligações:
UNESCO - Landscape of the Pico Island Vineyard Culture